Sobre Nós

Centro de Investigação e Transferência de Tecnologias para o Desenvolvimento Comunitário

O Centro de Investigação e Transferência de Tecnologias para o Desenvolvimento Comunitário (CITT), é uma instituição pública criada pelo Conselho de Ministros pelo Decreto 36/2010 de 1 de Setembro, vocacionada em investigação, transferência de tecnologias e inovações para as comunidades. Esta é uma instituição de âmbito nacional dotada de personalidade jurídica e autonomia administrativa, e é tutelada pelo Ministro que superintende a área de Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional.

A Visão
“ Comunidades com capacidade de liderar e gerir os processos de desenvolvimento comunitário de forma integrada e sustentável através da aplicação da Ciência, Tecnologia e Inovação.”

A Missão
“Garantir a apropriação pelas comunidades do conhecimento científico, tecnológico e inovação adequado ao desenvolvimento comunitário sustentável”.

Atribuições
Garantir, em coordenação com as comunidades, o desenvolvimento das actividades de investigação científica para o benefício local;
Garantir o desenvolvimento tecnológico, transferências de conhecimento, culturas locais e tecnologias gerado pelo CITT e outros sectores para a comunidade local e vice-versa;
Garantir a promoção de desenvolvimento tecnológico, inovação e empreendedorismo junto as comunidades através do processo de incubação de tecnologias e negócios;
Promover e desenvolver inovações e sua difusão como alternativas para a solução dos problemas comunitários e desenvolvimento comunitário sustentável; e
Promover a colaboração intersectorial na investigação e transferência de tecnologias para o desenvolvimento comunitário.

Competências
Promover, coordenar, desenvolver e executar programas e projectos de investigação científica e tecnológica para a solução de problemas comunitários;
Criar espaços de uso colectivo para desenvolver um ensinar fazer fazendo;
Investigar, desenvolver e disseminar o uso de recursos naturais excluindo os recursos naturais, manufacturados e/ou industrializados através de processos que possibilitem a produção de utensílios, moveis, construções rurais, inovações tecnológicas na produção alimentar;
Coordenar e financiar programas de investigação em benefício das comunidades em coordenação com os sectores;
Disseminar o uso de tecnologias alternativas uteis ao desenvolvimento comunitário nos meios urbanos e rurais, através de publicações, cursos de capacitação, oficinas sociais, seminários, estágios e experiencia de vida.

Constituem os pilares da intervenção do CITT os seguintes: (i) Componente de Investigação, (ii) Componente de Transferência de Tecnologias e (iii) Componente de Desenvolvimento Institucional.

Acções na componente da Investigação:
Pesquisar e documentar as boas práticas de investigação, transferência de tecnologias e inovações visando o desenvolvimento comunitário.

Acções na componente de Transferência de Tecnologias:
Consolidar e expandir as Vilas de Milénio;
Estabelecer polos de investigação e tranferência de tecnologias para prestação de serviços nas comunidades;
Consolidar e expandir o Programa Nacional dos Centros Multimidia Comunitários.

Acções na componente de Desenvolvimento Institucional:
Elaborar um plano estratégico do CITT;
Construir os Escritorios do CITT;e
Capacitar os Recursos Humanos do CITT.